Ministério da Cultura apresenta

20 agosto até
04 dezembro 2016


SOBRE / ABOUT

Valdir Cruz nasceu em Guarapuava, Paraná. De Curitiba, sem escala, aterrizou em Nova Iorque, há mais de 35 anos, para ampliar sua aventura em busca do conhecimento. De torneiro mecânico o curioso artesão descobriu a fotografia em 1983 por meio de um velho profissional da famosa revista National Geographic. Na sequência estudou na Germain School of Photography e na New School for Social Research – onde, graças ao seu talento, conseguiu a vaga de assistente de George Tice, reconhecido fotógrafo americano responsável pela sua profissionalização e por aperfeiçoar seu senso estético e suas qualidades técnicas.O trabalho que desenvolveu nesse período ganhou espaço em museus e galerias no Brasil e no exterior, mas, curiosamente, sua última exposição em Curitiba aconteceu em maio de 1991 na Casa Romário Martins. Nesses mais de 25 anos que separam Valdir Cruz de seu território nativo, ele pesquisou, documentou e batalhou para dar visibilidade à sua região e ao estado do Paraná.

Valdir Cruz was born in Guarapuava, Paraná. From Curitiba, on a non-stop flight, he landed in New York, more than 35 years ago, to enrich his adventure in search for knowledge. Once a fitter and turner, this curious craftsman found out about photography in 1983 through an elder professional from the famous National Geographic magazine. Afterward he studied at Germain School of Photography and at New School for Social Research where, thanks to his talent, became assistant to George Tice, the acknowledged American photographer who was responsible for his professionalization and for improving his aesthetic sense and technical qualities. The work he developed during this period gained ground in museums and galleries in Brazil and abroad, but, curiously, his last exhibit in Curitiba occurred in May 1991, at Casa Romário Martins. During these more than 25 years that separated Valdir Cruz from his native home ground, he researched, documented and struggled for spotlighting his region and the State of Paraná.

Desde 1981 dedicou-se a fotografar e interpretar imageticamente sua gente e seu território. Publicou em 2013 o livro Guarapuava (Terra Virgem Edições, São Paulo), mostrando tanto a vida dos tropeiros que despertaram inicialmente sua imaginação quanto o entorno da cidade, local das brincadeiras e de suas primeiras memórias. Em 2007 editou pela Cosac Naify o livro O caminho das águas, que retrata as quedas d’água da região, cuja beleza e dramaticidade foram despertadas em 1994, quando teve a oportunidade de realizar a primeira fotografia do Salto Vaca Branca. Finalmente, temos o ensaio Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, realizado entre 1991 e 1993, seu primeiro livro autoral, editado em 1996 (Brave Wolf Publishing, Nova Iorque)

Since 1981, he has been committed to photographing and interpreting his people and territory imagistically. In 2013, he released the book Guarapuava (Terra Virgem Edições, São Paulo), showing both the drovers’ lives, which initially awoke his imagination, and the city surroundings, where traditional children’s games and his first memories take place. In 2007, together with Cosac Naify, he edited the book The Path of the Waters, which portrays the waterfalls in the region and whose beauty and dramatic features were awoken in 1994, when he had the opportunity to take the first photograph of Salto Vaca Branca. Finally, there is the essay Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, performed between 1991 and 1993, which is his first authorial book, edited in 1996 (Brave Wolf Publishing, New York).

Os três ensaios aqui reunidos pela primeira vez denotam não apenas a importância da produção fotográfica de Valdir Cruz mas, principalmente, resgatam sua presença no cenário as artes visuais do estado do Paraná. Cada uma das fotografias aqui exibidas tem uma história particular. São evocativas e de uma beleza sublime. Seu olhar não apenas investiga e documenta mas se evidencia sua emoção naquele espaço territorial que abrigou as primeiras investigações e experimentações com a fotografia.

These three essays gathered here for the first time denote not only the prominence of Valdir Cruz’s photographic production, but, mainly, restore his presence to the visual arts scene in Paraná. Each photograph here displayed has a particular history. They are evocative and have a sublime beauty. Not only does his view investigates and documents, but it manifests his emotion on the territory that sheltered his first investigations and experiments with photography.

Lembramos que Valdir Cruz é conhecido pela qualidade de suas fotografias que trazem à superfície da imagem sutis tonalidades impressas em diversos suportes – gelatina e prata, platina e impressão (em pigmento) digital com sete tonalidades entre o cinza e o preto. Sua matriz é capturada em câmera de grande formato – a maioria em 8 por 10 polegadas – que permitem realçar surpreendentes detalhes na ampliação. A exposição IMAGO, o olhar do sabiá mostra, acima de tudo, que fotografia é expressão delicada do momento que se fez único. Diante de tamanha dedicação, só nos resta contemplar essas imagens que encorajam nosso olhar para adentrar no misterioso mas não indecifrável universo idealizado pelo artista.

We remind that Valdir Cruz is acknowledged by the quality of his photographs, which bring up to the surface of the image subtle hues printed in various mediums – gelatin and silver print, platinum and digital printing (pigment and dye) with seven hues between gray and black. His matrix is captured on large format cameras – most 8x10 inches – which allows enhancing surprising details during the enlargement. The exhibit “IMAGO, the sabiá view” especially shows that photography is the delicate expression of a unique moment. Before such dedication, all there is left to do is contemplate these images that encourage our views to enter the mysterious but not indecipherable universe conceived by the artist.




Rubens Fernandes Junior
Pesquisador e curador de fotografia

ARTIST     GALLERY      PUBLICATIONS     SELECTED REVIEWS       EXHIBITIONS     COLLECTIONS     CONTACT